quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Esgotado!!

Os meus últimos exemplares, estão oficialmente reservados, e por isso, posso dizer que este livro ESGOTOU.
E tudo graças a toda a vossa ajuda e carinho para com este projecto - Pais, mães, avós, educadores, professores, desconhecidos...

Este livro voou das minhas mãos, sem eu mesma ter a noção do quão rápido foi.

No dia internacional do Obrigado, apenas vos posso dizer: 

OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
... vezes infinito!

Para todos os que tiverem interessados numa nova edição, seja para adquirir um primeiro exemplar, seja para oferecer porque já o conhecem, por favor peço-vos feedback! Uma edição de autor, será sempre uma edição que é exclusivamente feita através, e pela vossa vontade de desfrutar de um livro como este - 100% saído destas mãos, cabeça e coração de "ilustrautora"!
CONTO CONVOSCO?






terça-feira, 22 de novembro de 2016

OFERTA de NATAL

Oferta dos portes para encomendas de 4 livros, em qualquer combinação dos 2, com ou sem autógrafo/dedicatória e... pequeno mimo extra, para todas as encomendas (tem a ver com o próximo projecto que chegará para o ano!! Shhhh! Segredo ^_^ ) 
Encomendas: ritapcorreia@gmail.com

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Never in my wildest dreams

Este post podia ter um título em inglês: NEVER IN MY WILDEST DREAMS
Fui convidada no passado mês de Julho pela minha querida Elvira para mais uma acção de formação na Associação de Profissionais de Educadores de Infância com a temática "Cócegas na Mente - Literatura infantil como nutrição".
E é com orgulho que tenho alguém como a Elvira constantemente interessada no meu percurso, nos meus livros e no que eu tenho para contar nesta minha experiência como ilustradora-autora-completamente-louca-por-fazer-tudo-tipo-one-woman-show!!^_^ 
Foi nesta formação, e depois da apresentação dos meus livros, que uma das educadoras, a Ana Clara Costa, decide finalmente qual seria a base para o seu trabalho final, trabalho esse que seria um dos elementos de avaliação no seu curso.
Não estava a acreditar quando me ligou a pedir autorização para analisar "O Meu Nome É...". Foi num misto de orgulho e estranheza quando recebi esse telefonema e mais tarde esse mesmo trabalho finalizado em mãos.
Mas quem é que me iria fazer acreditar que algum dia poderia ter um trabalho meu como objecto de estudo?
A verdade é que, ter o meu livro estudado desta forma através dos olhos analíticos desta educadora, me fez ter ainda mais confiança em mim e na minha capacidade de querer e conseguir transmitir as mensagens que tanto prezo sobre Amizade, Respeito, Amor ou Esperança junto de um dos públicos mais importantes do Mundo neste momento: as crianças.
Obrigada Ana pelo seu trabalho, pela sua escolha, por me fazer acreditar ainda mais em mim e nas minhas capacidades...
Vá lá, não tanto por me fazer sentir uma velhota do século passado com obras dignas de estudo ao nível universitário! ^_^
Mas de resto, posso apenas prometer que irei continuar. OBRIGADA OBRIGADA OBRIGADA

sábado, 16 de julho de 2016

O seu nome é... Mathis

Obrigada Mathis por teres sido um verdadeiro menino esperança durante o campeonato Europeu de futebol.
Não só demonstrou o que é verdadeiro fairplay, como deu uma grande lição aos adultos inspirando todos um pouco por todo o mundo.

Prometi enviar-lhe este livro - que tanto sentido faz estar nas mãos dele - e assim será.
Com a ajuda das redes sociais, este livro já vai a caminho de França <3

sábado, 14 de maio de 2016

TOP 5 Pumpkin Awards

E não é que o "O Meu Nome É..." esteve nomeado para melhor livro para crianças/famílias!!! Para mim, a nomeação em si, já foi um GRANDE prémio, principalmente porque tenho a certeza que quem o escolheu foi, em grande parte, pessoas fora do círculo literário profissional, pais e miúdos que provavelmente já me conheceram pessoalmente ou famílias de verdade que entenderam o quanto a "Esperança" é importante nas suas vidas. OBRIGADA desde já pela vossa nomeação! Ficou no TOP5 :) Foi o "Juba" da Cláudia que ganhou - mais do que merecido - e tanto a fada "Juju" da Paula ilustrado por mim, como o "Berra-me da Magda com quem também já trabalhei, ficaram no TOP5. Sendo que a melhor causa premiada que recebeu o valor angariado foram os meus queridos Doutores Palhaços da "Operação Nariz Vermelho". Melhor, impossível.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

“Pai, podes ler-me a história aqui?”

Quando fui buscar a S. (5 anos) ela disse-me que tinha um livro para lermos juntos e que a Rita Correia tinha ido à escola. “Gostei muito” da Rita e da história. Logo ali achei extraordinário o simples facto de que ela quisesse ouvir novamente uma história que tinha ouvido há tão pouco tempo. Nem me deixou sair do carro, quando estacionei à porta de casa. “Pai, podes ler-me a história aqui?”
Obviamente que lhe fiz a vontade. Os livros, a leitura e a entrada nos mundos mágicos a que eles nos transportam, devem ser lidos, degustados. E por essas razões, devemos ler com eles. E ler muito! Não há tecnologia que substitua um bom livro!
À medida que fui lendo o livro, a S. foi-me mostrando as personagens. “Pai, vês como as mãos da menina estão ligadas ao corpo na outra página?”; “A menina dos óculos é a filha da Rita.”
Com estas informações, foi a S. que me “leu” o livro. Eu apenas “usava as palavras”.
No fim, descobrimos juntos qual a mensagem que ele queria transmitir. “Esperança”.
“S., o que é a esperança, sabes?” – Perguntei-lhe.
“Sim, pai. Esperança é acreditar que vão acontecer coisas boas. Acreditar que não há guerras.”
Acabamos a leitura e fomos para casa. Quando chegamos, qual não foi o meu espanto, quando ela foi a correr ter com a mãe, com o livro na mão para que a mãe lhe lesse novamente a história. Fiquei espantado. Deu para perceber que tinha gostado do livro.
Os três em conjunto, ao colocarmos o livro em contraluz, percebemos que na capa se consegue ler a palavra “Esperança”. Muito bem conseguida essa ideia!
Resta agradecer à escritora Rita Correia pela sua participação e parabeniza-la pela excelente obra que tanto cativou a nossa princesa. E agradecer à Xinha e à Teresa (educadoras da escola da S.), por mais um excelente trabalho. PARABÉNS a todos! 

Obrigada Luís (Pai)
Fotografia Margarida Brito

terça-feira, 2 de dezembro de 2014